Criminosos explodem caixas eletrônicos e atacam base da PM em Itapetininga

Segundo os policiais, a ação reuniu de seis a oito homens em dois automóveis; eles usaram dinamite para explodir os caixas e, após o ataque à PM, fugiram em direção a rodovia

Agência Estado |

Agência Estado

Uma base da Polícia Militar foi atingida por pelo menos 30 tiros disparados por bandidos, na noite do último sábado (30), no distrito de Rechã, em Itapetininga, a 165 km de São Paulo. O único policial que estava no local não foi atingido.

Antes, os criminosos explodiram e assaltaram dois caixas eletrônicos existentes na vila, um deles instalado a 20 metros da base policial.

Leia mais: Mais um ônibus é incendiado em Ferraz de Vasconcelos

Leia também: Outros dois ônibus são atacados em São Paulo

Violência: Em 11 dias do mês, SP tem 53% mais mortes do que em 2011

Os ataques levaram pânico à população do distrito, que fica a 30 quilômetros da cidade. A Polícia Civil acredita que o ataque à base da PM estaria relacionado à explosão e assalto aos caixas eletrônicos. Testemunhas, no entanto, afirmam que os atiradores gritaram que "polícia tem que morrer".

De acordo com a PM, a ação envolveu de seis a oito bandidos em dois automóveis, um deles um Astra de cor prata. Os bandidos usaram dinamite para explodir o caixa do posto bancário do Bradesco. Com a força da explosão, o teto do prédio caiu sobre a máquina e os bandidos não conseguiram recolher todo o dinheiro - cerca de R$ 50 mil foram deixados para trás.

O próximo alvo foi o caixa eletrônico do Santander instalado num posto de combustíveis. O equipamento ficou destruído. Na sequência, os bandidos descarregaram as armas contra o posto policial. Os tiros, disparados com pistolas calibre 380 e espingardas calibre 12, atingiram principalmente as portas e as janelas, além de uma viatura policial e do carro do soldado que reside no local.

O bando fugiu em direção à rodovia Raposo Tavares. Até a tarde deste domingo, não havia pistas dos bandidos. O valor roubado não foi informado.

    Leia tudo sobre: crimeviolênciasão paulopolícia militarPMbase da PMtiros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG