Renata Moraes, de 38 anos, morreu com um tiro na cabeça no último domingo, na zona sul de São Paulo

Estadão Conteúdo

selo

A Polícia Civil apreendeu nesta quarta-feira um adolescente suspeito de participar da tentativa de assalto contra a advogada Renata Fabiana de Campos Moraes , de 38 anos, no último domingo, na zona sul de São Paulo.

A advogada morreu com um tiro na cabeça ao tentar escapar do assalto, na rua Vergueiro, acelerando o veículo. Os assaltantes fugiram sem levar nada. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), um outro suspeito já foi identificado e um terceiro está sendo procurado pela polícia. Segundo uma testemunha, três homens participaram da abordagem à jovem.

O corpo da advogada foi enterrado na manhã de terça-feira, no Cemitério do Araçá, em São Paulo.

Corpo da advogada Renata Fabiana de Campos Moraes é enterrado no Cemitério do Araçá (SP)
Futura Press
Corpo da advogada Renata Fabiana de Campos Moraes é enterrado no Cemitério do Araçá (SP)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.