Servidores públicos federais realizam ato na Paulista

Manifestação reivindica a política de arrocho salarial imposta pelo governo Dilma, segundo o sindicato

Agência Estado |

Agência Estado

Servidores públicos federais realizaram um ato público em frente ao Banco Central, na Avenida Paulista, na manhã desta quarta-feira. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o grupo ocupou apenas a calçada da região e não chegou a invadir a via.

Leia também: Governo muda MP que motivou greve de médicos federais

O ato unificado, que começou por volta das 10h30 e terminou por volta das 12h, reivindica a política de arrocho salarial imposta pelo governo Dilma, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal do Estado de São Paulo (Sindsef-SP). A Polícia Militar não soube dizer quantas pessoas fizeram parte do ato.

De acordo com nota divulgada no site do sindicato, os servidores públicos federais caminham para a maior greve unificada dos últimos anos. Os docentes das universidades federais já estão paralisados desde 17 de maio e os técnicos administrativos das universidades adeririam ao movimento na última segunda-feira.

Ainda esta semana, na próxima quinta (14), o Sindsef afirma que os funcionários das escolas técnicas também irão aderir à paralisação. Nos dias 13 e 14 o judiciário agendou outra greve, que deve durar 48 horas. Ainda na quinta, uma assembleia estadual poderá aprovar o início da greve por tempo indeterminado neste setor, diz a categoria.


    Leia tudo sobre: greveservidor federalmanifestação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG