Ligação assustou médicos e pacientes do ambulatório, segundo um funcionário; atendimento foi normal durante o dia

O Ambulatório de Especialidades e a unidade da Assistência Médica Ambulatorial (AMA) Tito Lopes, em São Miguel Paulista, na zona leste da capital, receberam uma ligação que ameaçava uma invasão no local caso as unidade não fossem fechadas. Um funcionário, que não quis se identificar, relatou que médicos e pacientes ficaram assustados com a ameaça.

Leia mais: Criminosos impõem toque de recolher em Cidade Tiradentes

Segundo a coordenação da AMA, o atendimento funcionou normalmente durante o dia. A Secretaria de Saúde disse não ter informações sobre o caso até o momento.

O 22º DP, que fica em frente ao Ambulatório Tito Lopes, confirmou a ameaça. A delegada Aparecida de Oliveira Pacheco esteve no local pela manhã a pedido de funcionários para acompanhar a abertura da unidade. A delegacia informou que não foi registrada nenhuma ocorrência durante o dia, apesar da ligação. O policiamento permaneceu normal.

Criminosos impuseram toque de recolher em Cidade Tiradentes, também na zona leste de São Paulo, na madrugada de ontem. Segundo moradores, a ação seria protesto contra a morte de seis homens durante operação da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar), na noite de segunda-feira. Um deles teria sido executado. A Polícia Civil e a corregedoria investigam o caso .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.