Ação é protesto contra a morte de seis homens em ação da Rota no bairro da zona leste de São Paulo

Criminosos impuseram toque de recolher no início da noite de ontem e na manhã de hoje no bairro Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo. Segundo moradores da região, que não quiseram se identificar, a ação é um protesto contra a morte de seis homens durante operação da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar), na noite de segunda-feira. Um deles teria sido executato. A Polícia Civil e a corregedoria investigam o caso.

Leia também: Policiais da Rota são presos após mortes na zona leste de São Paulo

O toque de recolher foi anunciado às 18 horas de ontem. Comerciantes fecharam estabelecimentos, escolas suspenderam aulas e lotações não saíram às ruas. Hoje, pela manhã, muitos ainda estão com medo. Algumas escolas abriram, mas estão dispensando alunos. A Emef Maurício Goulart, por exemplo, não chegou a funcionar. Lotações circulam pelo bairro, mas motoristas cogitam parar.

"As pessoas estão com medo. Helicópteros da polícia estão sobrevoando o bairro, bem próximos às nossas casas. O comércio está fechando. Familiares ligam para saber onde estamos e pedem cuidado”, afirma uma moradora ao iG .

A Polícia Militar diz que não foi informada do toque de recolher, mas mantém policiamento no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.