Polícia prende ex-namorado suspeito de matar dançarina em São Paulo

Ex-dançarina do Programa do Bolinha foi encontrada morta em sua casa, em Sorocaba, na última semana

iG São Paulo |

O serralheiro Leonardo Guicharde da Silva, de 25 anos, foi preso nesta segunda-feira suspeito de ter assassinado a dançarina Marta Rodrigues do Nascimento, antiga dançarina do 'Clube do Bolinha', encontrada morta na última quarta-feira (23), em Sorocaba, no interior de São Paulo. De acordo com a polícia, o jovem confessou o crime e afirmou ser ex-namorado da Marta.

Leia também:  Homicídios crescem 6% e roubos de veículos saltam 20% no ano em SP

AE
Leonardo Guicharde da Silva, preso pela suspeito da morte da ex-bolete

Para tentar despistar a polícia, o jovem ainda teria deixado um bilhete simulando que a dançarina teria se envolvido com um homem casado e sido morta por vingança de alguma mulher traída.

Bruno Cecim/Futura Press/AE
Bilhete deixado pelo ex-namorado para tentar despistar a polícia
Marta, de 50 anos, que integrou o elenco de "boletes" do Programa do Bolinha, exibido pela TV Bandeirantes na década de 1980, foi encontrada morta com perfurações no peito. O corpo estava em estado de decomposição, enrolado em cobertores, na área de serviço da casa em que a dançarina morava, no bairro Cidade Jardim, zona oeste de Sorocaba. De acordo com a polícia, a casa estava trancada e sem sinais de arrombamentos. 

Marta trabalhava como dançarina em uma boate em Votorantim, cidade vizinha, e morava sozinha. O corpo foi encontrado depois que vizinhos sentiram o odor ruim que vinha da casa. Eles haviam notado ausência da mulher e chamaram a polícia. 

De acordo com o delegado Acácio Leite, as perfurações devem ter sido causadas por golpes de faca. A perícia vai determinar a causa da morte.

* Com AE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG