Motociclista ficou gravemente feriado após colisão com carro no sentido Aeroporto. Via permanece com uma faixa bloqueada

Helicóptero Águia da PM realiza resgate de motociclista na avenida 23 de Maio, em São Paulo
MARCIO FERNANDES/AGÊNCIA ESTADO/AE
Helicóptero Águia da PM realiza resgate de motociclista na avenida 23 de Maio, em São Paulo
Um motociclista ficou gravemente ferido após bater em um carro nesta segunda-feira na avenida 23 de Maio, sentido Aeroporto, no centro de São Paulo. Desde as 10h40, quando a ocorrência foi registrada, a avenida tem uma faixa da direita bloqueada para o tráfego. A interdição permanecia até o início da noite, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Acompanhe o trânsito em São Paulo

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima registrava ferimentos graves e foi socorrido pelo helicóptero Águia da Polícia Militar. O motoqueiro foi levado ao Hospital das Clínicas, na zona oeste da capital. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

A CET pede que os motoristas evitem circular pela região. Às 18h30, a CET registrava 75 km de vias congestionadas na cidade. O índice está um pouco acima da média para o horário. A região que apresenta mais lentidão é a sul, com 37 km (44%). Os piores trechos estão na Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, pista expressa, da ponte Ary Torres até a ponte Transamérica (6 km); na Marginal Pinheiros, sentido Castelo, pista expressa, da avenida Jornalista Roberto Marinho até a ponte Eusébio Matoso (4,6 km); na Radial Leste, sentido Bairro, da rua Wandenkolk até o viaduto Pires do Rio (4,6 km); e no corredor Norte/Sul, sentido Aeroporto, do viaduto Pedroso até o complexo viário João Jorge Saad (3,8 km).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.