Homicídios crescem 6% e roubos de veículos saltam 20% no ano em SP

Índices de criminalidade dos quatro primeiros meses do ano foi divulgado nesta sexta-feira em São Paulo

iG São Paulo |

Após atingir pela primeira vez na história recente a taxa de 10 homicídios dolosos a cada por 100 mil habitantes no ano passado , o Estado de São Paulo não tem conseguido os mesmos índices no começo em 2012. Segundo balanço divulgado nesta sexta-feira pela Secretaria de Segunça Pública (SSP), os homicídios dolosos apresentaram alta de 6,38% no quadrimestre e 5,21% no acumulado dos últimos 12 meses.

Leia também: São Paulo tem dificuldade em lidar com criminoso 'profissional', diz especialista

Helio Torchi / Agência Estado
Roubo de veículos é a modalidade de crime que mais cresce em São Paulo
Nos primeiros quatro meses de 2012, foram 1.451 casos contra 1.364 no quadrimestre de 2011. Esses números incluem os acidentes de trânsito em que os condutores são indiciados com base no princípio do dolo eventual (quando se assume os riscos de provocar a morte a partir de uma conduta imprudente). Neste universo, os acidentes de trânsito somaram 11 ocorrências em 2011 e 31 nos quatro primeiros meses deste ano.

Se o número de homicídios dolosos aumentou, os latrocínios, que no ano passado aumentou 20%, se manteveram estáveis. Foram 114 casos no quadrimestre deste ano contra 115 no mesmo período de 2011 – uma pequena redução de 0,87%.

Crimes contra o patrimônio

De acordo com a SSP, algumas modalidades de crimes patrimoniais apresentaram aumento, e outras, queda.  Nos crimes que envolvem veículos (roubo e furto), houve aumento. No caso do roubo, o crescimento foi de 19,3% no comparativo dos últimos 12 meses (de 70.541 entre maio de 2010 e abril de 2011 para 84.156 entre maio de 2011 e abril deste ano). O aumento relativo aos comparativos dos quadrimestres foi de 20,7% (de 24.745 casos para 29.711).

No caso do furto de veículos, o crescimento foi de 5,14% no comparativo quadrimestral (de 34.621 para 36.401 ocorrências) e 3,21% na variação dos últimos 12 meses (103.551 para 106.870).

Nos roubos, o crescimento foi de 4,49% no quadrimestre – de 75.538 para 78.932. Nos roubos de cargas, houve queda na taxa dos últimos 12 meses (de 1,14%), mas aumento de 9,52% entre os primeiros quadrimestres.

Sequestro

As extorsões mediante sequestros registraram a maior queda dentre os indicadores analisados – 18,18% no acumulado de janeiro a abril. Em números absolutos, 22 no primeiro quadrimestre de 2011 contra 18 neste ano. Trata-se do menor número em 11 anos.

Mais:
Estudo: 79% das vítimas de latrocínio são homens
Outros crimes: Estupros aumentam 11,5% em São Paulo
No País: Taxa de homicídios cresce 124% nos últimos 30 anos no Brasil

    Leia tudo sobre: homicídioslatrocíniosroubo de veículos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG