“Drogas são o maior problema de São Paulo”, diz secretária da Justiça

Eloisa de Souza Arruda participou de evento realizado pelo Ministério Público sobre drogas

Alexandre Dall´Ara, iG São Paulo |

Em discurso na abertura de evento do Ministério Público Estadual, a secretária da Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, Eloisa de Souza Arruda, disse que as drogas são o principal problema do Estado. Eloisa relatou que, em encontros com prefeitos, as drogas sempre aparecem como primeira preocupação “principalmente porque ainda não sabemos como lidar com esse problema”. O evento Justiça Terapêutica: É possível Fazer! ocorre durante esta sexta-feita na sede do MP.

O evento tem a participação da especialista em tribunais de drogas, Tara Kunkel. A mestre em serviço social americana, que atou em diversos tribunais do especializados em usuários de droga nos Estados Unidos, explica que o modelo do país separa o usuário não-violento do sistema criminal e lhe oferece tratamento. Os réus americanos podem ser encaminhados para um dos 2.459 tribunais do tipo e serem acompanhados por um juiz e equipe especializada no processo de se livrar da dependência.

A secretária de Justiça, citando a operação da Cracolândia , no centro da capital paulista, reconheceu que o sistema utilizado no Estado não é o ideal e que “é possível aprender com o modelo americano”. No entanto, ela considera a operação importante. “Sempre digo: ainda bem que começamos [a operação na Cracolândia]. Mesmo com todas as críticas, 500 pessoas aceitaram tratamento e estamos todos aprendendo com esse problema”.

Seminário

Organizado pelo Ministério Público com a colaboração do consulado americano em São Paulo, a série de encontros pretende discutir formas de melhorar a atuação do governo em relação às drogas. Também presente na abertura, o psiquiatra da Unifesp Ronaldo Ramos Laranjeira mostrou preocupação com o crescimento do número de dependentes no País. “Temos uma rede de distribuição [de entorpecentes] fenomenal, o preço é barato. Com o aumento da renda do brasileiro o consumo deve aumentar, as drogas seguem o dinheiro.”

A programação do evento pode ser conferida no site da Escola Superior do Ministéio Público .

    Leia tudo sobre: drogaseminário

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG