PF prende comissário de bordo com R$ 20 mil em remédios em Cumbica

Funcionário de companhia aérea tentava ingressar no Brasil com seis quilos de remédios de uso controlado ou proibido

iG São Paulo |

Agentes da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Sâo Paulo, em atuação conjunta com a Receita Federal, prenderam um comissário de bordo, de 43 anos, que trazia medicamentos controlados em sua bagagem.

Leia também:
Polícia apreende 2 toneladas de remédios no interior de São Paulo
Cinco são presos acusados de roubar bagagens em Cumbica

Segundo a PF, o tripulante foi preso ao tentar ingressar no Brasil, em vôo vindo de Frankfurt, com medicamentos de uso controlado e de uso proibído no País, avaliados em mais de R$ 20 mil.

Ao passar com sua mala pelo equipamento de raio X, os medicamentos foram visualizados e sua bagagem foi aberta para inspeção. Os fiscais da Receita Federal encontraram cerca de 6 quilos de remédios e acionaram a Anvisa e a Polícia Federal para a constatação do flagrante.

O comissário de bordo foi preso e será encaminhado para o sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça aguardando julgamento. Ele responderá pelo crime de importação de medicamentos sem autorização da vigilância sanitária e, se condenado, poderá cumprir pena que varia de 10 anos 15 anos de reclusão.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG