Bairros do Limão e Morumbi registraram três ocorrências em poucas horas. Na zona norte, bandido morreu após troca de tiros com a PM

O bairro do Morumbi, na zona sul de São Paulo, registrou pela menos duas ocorrências de perseguições durante a madrugada desta terça-feira. Menores foram detidos pela PM com veículos roubados após duas perseguições que terminaram em acidentes na região.

Leia também: PF apreende 20 toneladas em contrabando em São Paulo

No primeiro fato, um dos adolescentes havia sido abordado pelos policiais na Marginal Pinheiros, em um Toyota Corolla preto, junto com seu comparsa. Como se recusaram a parar, foram perseguidos até a rua General Almério de Moura, onde bateram o carro contra um muro. Um deles sofreu escoriações e acabou detido, sendo encaminhado a um hospital, mas o outro conseguiu fugir.

Menores foram apreendidos após perseguições no bairro do Morumbi, na zona sul de São Paulo
HÉLIO TORCHI/AE/AE
Menores foram apreendidos após perseguições no bairro do Morumbi, na zona sul de São Paulo

Enquanto aguardavam a equipe de peritos, os PMs suspeitaram de um Hyundai I30 preto e também o mandaram parar, mas foram ignorados. A perseguição durou pouco, pois o veículo parou após bater contra um Novo Uno e um Cinquecento na rua Américo Alves Pereira Filho. Os dois ocupantes, também menores, que não se feriram no acidente, foram encaminhados ao 89º DP, do Portal do Morumbi.

Zona norte

Na noite de ontem (7), durante uma perseguição, um suspeito morreu após trocar tiros com a Polícia Militar do 9º e 18 º batalhões, na Vila Cristo Rei, região do Limão, na zona norte da capital. Segundo a polícia, ele teria roubado um Fiat Idea para Adventure. O veículo era monitorado via satélite pela seguradora, que, em posse das informações sobre a localização do carro, auxiliou as viaturas da PM.

O veículo foi perseguido por diversas vias, entre elas, a avenida Engenheiro Caetano Álvares, ponte do Limão e a pista local da Marginal do Tietê, no sentido rodovia Ayrton Senna. Baleado, o suposto ladrão morreu quando era atendido no pronto-socorro de Santana. O caso foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

*com AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.