Ladrão não consegue levar moto e pede ajuda à polícia

Por telefone, o rapaz alegou que a moto tinha sido furtada e estava com problemas na ignição

AE |

selo

Depois de furtar uma moto, um homem de 28 anos ligou para Polícia Militar pedindo ajuda para fazer o veículo funcionar terça-feira em Itapetininga (SP). Por telefone, o rapaz alegou que a moto tinha sido furtada e estava com problemas na ignição.

Os policiais verificaram que a chamada era feita de um telefone público e, mesmo desconfiando de um trote, decidiram ir até o local, no bairro Olho D' Água, periferia da cidade. O autor da chamada foi localizado e levou os policiais até a moto.

Roubos de veículos crescem 17,5% na cidade de São Paulo

Como ele não tinha os documentos do veículo, os policiais fizeram uma consulta ao sistema e verificaram que a moto era produto de furto. Ele acabou confessando que encontrara o veículo estacionado numa rua próxima e o pegou, mas não conseguiu fazê-lo funcionar.

São Paulo tem dificuldade em lidar com criminoso 'profissional', diz especialista

A PM desconfia que o suspeito desejava ser preso. Ele havia cumprido pena por tráfico, saíra recentemente da prisão e demonstrava estar passando necessidade. O homem foi indiciado por tentativa de furto e levado para a cadeia pública da cidade.

    Leia tudo sobre: furtomotopolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG