Suspeito de atropelar ex-cunhada se entrega para polícia em SP

Ex-mulher de Ademir de Souza Pinto afirmou que o objetivo do pintor seria atingir ela e não sua irmã, que acabou atropelada

AE |

selo

Suspeito de atropelar e matar a ex-cunhada no dia 9 de abril , o pintor Ademir de Souza Pinto, de 39 anos, se entregou por volta das 15h30 desta segunda-feira. Conforme informações da Secretaria de Segurança Pública, o homem chegou acompanhado de seu advogado, no 83º Distrito Policial, Jardim Celeste, na zona oeste de São Paulo.

O caso: Homem é procurado por tentar atropelar a ex-mulher e atingir cunhada em SP

Ademir de Souza Pinto era procurado pela polícia após atropelar, aparentemente, por engano sua ex-cunhada Andréia Ariceles da Silva Souza, de 34 anos. De acordo com depoimento da ex-mulher de Souza, Alessandra da Silva Souza, 36, o objetivo dele seria atingir ela e não sua irmã.

Por volta das 15h50, o delegado titular do 83º Distrito Policial, Enjolras Rello de Araujo, estava coletando o depoimento do pintor.

Leia também:  Mais de 4 mil mulheres são assassinadas por ano no País

Na última sexta-feira, 13, o veículo utilizado no atropelamento, um Fiat Palio, foi localizado por agentes policiais em Francisco Morato, na região metropolitana de São Paulo e permanece no pátio da delegacia onde o caso foi registrado.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG