Transbordamento do córrego Ribeirão Vermelho deixa as subprefeituras da Lapa e de Pirituba em alerta. Osasco sofre com alagamentos

A chuva que atingiu a região metropolitana de São Paulo nesta sexta-feira deixou cinco regiões da cidade em estado de atenção das 15h40 até as 17h, informou o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura. O transbordamento do córrego Ribeirão Vermelho ainda deixa as subprefeituras da Lapa e de Pirituba/Jaraguá em estado de alerta. Na zona oeste, os bombeiros atendem motoristas que estão presos em seus carros em alagamentos na Vila Magalot. A rua Romão Gomes, no bairro Butantã, tem um ponto de alagamento intransitável. Na Grande São Paulo, Osasco tem várias ruas alagadas.

Nuvens carregadas na tarde de hoje, na zona norte de São Paulo
Willians Queiroz / Futura Pres
Nuvens carregadas na tarde de hoje, na zona norte de São Paulo
De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 18h, a cidade registrou o maior congestionamento do ano, com 242 quilômetros de lentidão. Até hoje, o maior congestionamento em São Paulo tinha sido registrado em setembro, com 220 quilômetros de lentidão. Acompanhe a saída do feriado na estradas . Às 20h, o trânsito já diminui na cidade, que registra 86 quilômetros de lentidão. Os piores trechos estão na Marginal Tietê, sentido A. Senna, pista expressa, da rodovia Castelo Branco até a ponte Aricanduva (23 km) e na Marginal Tietê, sentido Castelo Branco, pista expressa, da ponte do Tatuapé até a avenida dos Bandeirantes (5 km).

Segundo o CGE, as instabilidades que provocaram chuvas fortes entre as zonas norte e oeste da capital perderam força. De acordo com imagens de radar, restam apenas pontos de chuva leve e chuviscos entre os bairros de Pirituba, Jaraguá, Freguesia do Ó, Butantã, Lapa e Pinheiros. Nos demais bairros da cidade, não há registro de precipitação. Na Grande São Paulo, chove leve entre Santana de Parnaíba, Barueri, Osaco e Carapicuíba.

De acordo com informações repassadas ao CGE, foi observada queda de granizo na região da Ponte Ulisses Guimarães (no acesso à rodovia dos Bandeirantes) às 15h50

Fim de semana e feriado

No sábado, o sol aparece entre nuvens pela manhã, mas o ar abafado favorece a formação de nuvens que provocam pancadas rápidas e isoladas de chuva no período da tarde. Os termômetros oscilam entre 18ºC e 26ºC. No domingo, o tempo fica mais nublado e a instabilidade aumenta. São esperadas pancadas de chuva a partir da tarde e podem ocorrer pontos com maior intensidade. Mínima de 18ºC e máxima de 24ºC.

Na segunda-feira (14) e na terça-feira (15), feriado da Proclamação da República, uma área de baixa pressão dará origem a uma nova frente fria. Esse sistema provoca chuva forte e volumosa na capital e Grande São Paulo. A chuva acontece de forma generalizada e há potencial para a formação de alagamentos. O solo encharcado pode provocar escorregamentos de encosta. Veja a previão para todo o País.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.