A Secretaria de Estado da Saúde inicia amanhã, por intermédio da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), o treinamento de cerca de 50 corretores de imóveis da zona leste da capital paulista. A capacitação desses profissionais visa ajudar no combate à dengue em imóveis residenciais que estejam fechados e disponibilizados para venda ou locação, segundo informou a secretaria.

O treinamento tem uma parceria com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) para ampliar as ações de controle da dengue. Um levantamento da pasta aponta que cerca de 80% dos criadouros do Aedes aegypti , transmissor da dengue, estão no interior das residências. Técnicos da Sucen irão treinar os corretores de imóveis e responsáveis por vistoriar o estabelecimento para eliminar possíveis focos do mosquito.

Os corretores treinados vão verificar se existe no imóvel água parada nos ralos, vedação de vasos sanitários e caixas d´água, além de retirar do local recipientes que acumulem água. As pessoas responsáveis pela vistoria receberão uma cartilha, que contém uma lista de ações para levar até o local e verificar se não foi esquecida a inspeção de nenhum cômodo do estabelecimento. Ao todo, cerca de 200 mil pessoas devem receber as orientações necessárias em 26 delegacias do Creci no Estado, para vistoriar 1,5 milhão de imóveis disponíveis para locação ou venda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.