Na cidade de São Paulo ainda existem cerca de 1,2 mil semáforos mecânicos nos 5,9 mil cruzamentos semaforizados. Esse tipo tem apenas uma programação controlada por motor para abrir e fechar.

A modificação desse tempo só é feita por um técnico no local.

Os modelos inteligentes, que deveriam funcionar em 1,4 mil cruzamentos, são ligados a sensores no asfalto e permitem calcular e adaptar de forma remota o tempo de abertura à quantidade de veículos em circulação. Parte não tem funcionamento adequado ou está quebrada.

A instalação de semáforos inteligentes foi promessa de Marta Suplicy, José Serra e Gilberto Kassab. No dia 1º de janeiro, Kassab disse que iria recuperar a rede. "Ela era mecânica, agora será totalmente eletrônica. Nenhum deles era inteligente, eram todos burros."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.