SP sedia encontro mundial de partidos comunistas na 6ªf

São Paulo vai sediar a partir da próxima sexta-feira (21) o 10º Encontro dos Partidos Comunistas e Operários. O evento, este ano organizado pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), já tem confirmada a presença de 73 siglas, de cerca de 60 países.

Agência Estado |

Entre os participantes estão o Partido Comunista da China, que no próximo ano completa 60 anos no poder, e o Partido Comunista de Cuba. Entre as siglas brasileiras, participam o Partido Comunista Brasileiro (PCB), o Partido Popular Socialista (PPS), e o próprio PCdoB.

Pela primeira vez, o evento é realizado fora da Europa. A primeira edição ocorreu em 1999, por uma iniciativa do Partido Comunista da Grécia (KKE), e, até 2006, Atenas era a sede do encontro. Além da Grécia, já sediaram a reunião Lisboa (Portugal) em 2006 e Minsk (Belarus, na região da antiga União Soviética) em 2007.

Nesta edição, os partidos têm como tema do debate "Novos fenômenos no quadro internacional. Contradições e problemas nacionais, sociais, ambientais e interimperialistas em agravamento. A luta pela paz, a democracia, a soberania, o progresso e o socialismo e a unidade de ação dos Partidos Comunistas e Operários". O encontro, que é fechado aos partidos, ocorre no Novotel Jaraguá, em São Paulo.

O público poderá participar no próximo sábado de um ato em solidariedade à América Latina. O evento, marcado para as 18 horas, acontece na Quadra dos Bancários (Rua Tabatingüera, 192), próxima à Praça da Sé.

Segundo os partidos participantes, os encontros contribuem para recuperar a força do movimento comunista, que sofreu derrotas após a queda da União Soviética e dos países socialistas no Leste europeu, no final dos anos 80 e começo dos anos 90.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG