SP prorroga vacinação contra paralisia infantil

A primeira fase da campanha de vacinação contra a paralisia infantil, que seria encerrada hoje, foi prorrogada na capital paulista até o dia 3 de julho. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 756.

Agência Estado |

472 crianças, menores de cinco anos foram vacinadas no município até agora. Além da dose contra a poliomielite - como é conhecida a doença - as crianças também podem ser vacinadas contra difteria, tétano e coqueluche.

A meta da campanha de vacinação é imunizar 2,9 milhões de crianças menores de 5 anos contra a doença em todo o Estado, o que corresponde a 95% dos 3,06 milhões de paulistas nessa faixa etária. Há 21 anos o Estado de São Paulo não registra casos de paralisia infantil, mas a vacinação de crianças continua sendo importante porque o vírus da doença ainda circula em países da África e da Ásia. A segunda etapa da campanha ocorrerá em 22 de agosto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG