A Secretaria da Saúde inicia hoje, Dia Nacional da Doação de Leite Materno, uma campanha para convocar doadoras de todo o Estado a contribuírem. Contamos com a colaboração e solidariedade das mães que estão amamentando e podem doar, diz a coordenadora do banco de leite humano do Hospital Maternidade Estadual Leonor Mendes de Barros, Maria José Mattar.

Ela explica que, com a proximidade do fim do ano, a quantidade de leite arrecadado está diminuindo e tende a cair ainda mais devido às festas e viagens das doadoras durante as férias.

A coleta do leite é feita diariamente pela equipe do Banco de Leite em parceria com o Corpo de Bombeiros, que visita as doadoras semanalmente em suas residências. Para doar, a mulher deve ser saudável e estar amamentando exclusivamente seu filho. O leite que chega ao banco é pasteurizado e passa por exames de controle de qualidade antes de ser fornecido aos recém-nascidos prematuros e outros bebês clinicamente impossibilitados de serem amamentados ao seio materno.

De acordo com a Secretaria da Saúde, São Paulo é o Estado que tem o maior número de bancos de leite humano, sendo 23 na Grande São Paulo e 30 no interior. A lista completa das unidades pode ser consultada no no site da Fundação Oswaldo Cruz .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.