SP lidera ranking de entrega de armas da campanha do desarmamento

Estado arecadou 1.771 armas. Rio de Janeiro ocupa a segunda posição no ranking de arrecadação, com 1.432 armas

Agência Brasil |

São Paulo é o Estado que mais arrecadou armas durante a primeira etapa da Campanha Nacional do Desarmamento 2011, segundo balanço parcial divulgado pelo Ministério da Justiça. Entre os dias 6 de maio e esta segunda-feira, os postos paulistas receberam 1.771 armas. Em todo o País foram recolhidos 7.565 armas até o momento.

O Rio de Janeiro ocupa a segunda posição no ranking de arrecadação, com 1.432 armas, seguido por Pernambuco (856), Rio Grande do Sul (786) e Minas Gerais (549). De acordo com o Ministério da Justiça, entre os estados que menos receberam armas durante a campanha estão Amapá (11), Tocantins (15) e Rondônia (16).

A Campanha Nacional do Desarmamento 2011, lançada em maio, prevê a indenização das pessoas que entregarem armas nos postos de arrecadação. Os valores de indenização variam de R$ 100 a R$ 300, dependendo do tipo de armamento. O Ministério da Justiça reservou R$ 10 milhões para o pagamento das indenizações.

Delegacias de Polícia Civil, postos da Polícia Rodoviária Federal, batalhões de Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e unidades das Forças Armadas funcionam como postos de coleta de armas. As unidades autorizadas para coleta de armas estão relacionadas no site oficial da campanha

    Leia tudo sobre: Campanha do Desarmamentocriminalidadearmas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG