SP já supera total de doadores de órgãos do ano passado

Faltando mais de dois meses para o fim do ano, o Estado de São Paulo já conseguiu superar o total de doadores de órgãos registrado no ano passado, segundo o balanço divulgado hoje pela Secretaria de Estado da Saúde, com base nos dados da Central Estadual de Transplantes. De acordo com a pasta, até 13 de outubro foram contabilizados 543 doadores viáveis (que tiveram um ou mais órgãos aproveitados para transplante) em todo o Estado, número 11,7% superior ao registrado entre janeiro e dezembro de 2008, quando houve 486 doadores, melhor marca até então.

Agência Estado |

O número de órgãos transplantados neste ano já chega a 1.443, mais do que as 1.395 cirurgias realizadas ao longo do ano passado. Até 13 de outubro houve 77 transplantes de coração, 98 de pâncreas, 801 de rim, 443 de fígado e 24 de pulmão.

Ainda segundo a secretaria, o crescimento é fruto do aprimoramento do trabalho de captação nos hospitais e da implantação de um novo projeto que criou coordenadores intra-hospitalares de doação e transplante em 31 hospitais da rede estadual paulista. Esses profissionais têm como função identificar pacientes que possam ser potenciais doadores e acompanhar o processo de realização de exames para viabilizar a doação.

"Com auxílio da população e a colaboração dos hospitais, que estão mais atentos à notificação de potenciais doadores, estamos obtendo resultados cada vez melhores nesta área e ajudando a salvar muitas vidas", afirma Luiz Roberto Barradas Barata, secretário de Estado da Saúde.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG