SP ganha primeiro centro para dependentes que funciona 24 horas

Foi inaugurado na última semana na Sé, região central da capital paulista, a primeira unidade de saúde específica para pacientes dependentes que funcionará 24 horas por dia. O modelo de atendimento criado pela Secretaria Municipal de Saúde é inédito.

Agência Estado |

Até o final do ano, será expandido para toda a cidade. “Já temos planejados outros seis centros com atendimento 24h, que devem ser implantados um em cada região de São Paulo”, afirmou Rosângela Elias, coordenadora da área técnica de saúde mental da secretaria.

“O perfil de atendimento é para socorrer os pacientes que têm crises no período noturno, sem a necessidade de enfrentar o trauma e o estigma de uma internação em hospital, seja psiquiátrico ou a geral.” Chamada de CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), a primeira unidade 24 horas entra para o rol, ainda restrito, de postos públicos para acolher os dependentes químicos. Só na capital paulista, estima a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), 1,1 milhão de pessoas sofrem do problema. Inicialmente, serão seis leitos para o acolhimento durante à noite de pacientes em crise.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG