A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo vai entregar em duas semanas ao governador José Serra (PSDB) um novo plano de combate à violência nas escolas. A pedido do tucano, foi constituída uma comissão com representantes das pastas de Educação e Segurança Pública para criar o novo plano.

O anúncio foi feito ontem pela secretária estadual de Educação, Maria Helena Guimarães de Castro, durante reunião de quatro horas realizada com a Comissão de Educação da Assembléia Legislativa, presidida pelo deputado Simão Pedro (PT).

Um levantamento está sendo realizado pela pasta, que vai divulgar uma lista de escolas que precisam de ronda escolar mais ostensiva. O plano também inclui a padronização do regimento das escolas. Na prática, as unidades terão uma série de regras para dar advertência ou transferir alunos, o que hoje varia de acordo com a direção de cada unidade escolar.

O novo plano foi anunciado após a secretária de Educação ser questionada, durante a reunião, sobre o caso da Escola Estadual Amadeu Amaral, no Belém, que há três semanas foi depredada por alunos e teve a intervenção da Polícia Militar. Ela disse que o caso dessa escola foi isolado, já que a unidade tinha um número de alunos reduzido (270) para seu espaço físico, além de 40 professores e funcionava em tempo integral. As informações são do Jornal da Tarde .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.