O governo de São Paulo deve reduzir em 42% a aquisição de leite prevista pelo Projeto Vivaleite, que fornece gratuitamente a bebida a 736 mil famílias do Estado. Dois editais publicados esta semana e que renovam a aquisição, por meio de pregão eletrônico, preveem a compra de 44,672 milhões de litros para os últimos sete meses de 2009, ou 6,381 milhões de litros por mês.

Pelo total contratado, atualmente, são fornecidos 11,042 milhões de litros por mês

Os editais foram publicados pela Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, e os resultados do pregão estão previstos para entre 9 e 10 de junho. Se a redução até o final do ano for proporcional ao número de famílias, cerca de 310 mil deixariam de receber o benefício do governo paulista.

A Secretaria de Agricultura informou, por meio de uma nota divulgada pela assessoria de imprensa, que "o Projeto Vivaleite passa por uma reestruturação. O objetivo é otimizar os recursos do Estado para alimentação das crianças de 6 meses a 6 anos e 11 meses, hoje atendidas pelo programa, identificando duplicidade e adotando medidas que garantam a eficiência da distribuição do benefício".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.