difícil identificar origem de grampo no STF - Brasil - iG" /

Souza: é difícil identificar origem de grampo no STF

O procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, admitiu hoje que vai ser muito difícil descobrir quem supostamente grampeou o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes. Toda investigação de quebra de sigilo provoca uma grande dificuldade em identificar a origem, afirmou.

Agência Estado |

Souza disse que, por enquanto, não há indícios de participação de autoridades ou funcionários públicos no grampo.

"Não tenho certeza da participação de servidor público e não há nenhuma informação de que tenha havido uma ação de autoridade submetida ao Supremo Tribunal Federal", disse o procurador-geral. Provavelmente, se a denúncia se confirmar, a investigação será feita por procuradores da República que atuam no Distrito Federal, e não pelo procurador-geral.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG