Sorocaba, no interior de SP, registra morte por leptospirose

Caso é o primeiro registrado na cidade desde o início deste ano; vítima tinha 21 anos e morreu na terça-feira

AE |

selo

O serviço de vigilância epidemiológica da Secretaria de Saúde de Sorocaba registrou a primeira morte por leptospirose este ano na cidade. A vítima, Nelson Bruno Roberto, de 21 anos, morreu na terça-feira, mas a causa do óbito só foi divulgada hoje. A doença é transmitida pela urina do rato.

Roberto apresentava dores de cabeça desde o final de abril e tinha sido atendido várias vezes num hospital privado, mas o caso foi diagnosticado como enxaqueca. Há duas semanas, o paciente teve convulsão e foi levado, em coma, para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não se recuperou.

Familiares informaram que o rapaz, que morava num apartamento, não teve contato com água possivelmente contaminada. A possível causa da doença será apurada.

    Leia tudo sobre: Leptospirosedoença

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG