TÓQUIO (Reuters) - A soprano alemã Hildegard Behrens, mais conhecida por seus papéis em óperas de Wagner e Strauss, morreu em um hospital em Tóquio aos 72 anos, informou uma membro da Fundação de Música de Kanshinetsu no Japão nesta quarta-feira. Behrens, que estava no Japão para participar do Festival de Verão de Música Internacional em Kusatsu, próximo a Tóquio, foi internada no domingo após chegar no Japão, disse o membro da fundação, que promove o festival de música.

Ela morreu na terça-feira de um aneurisma da aorta, de acordo com a página da fundação na Internet.

Nascida em Varel, na Alemanha, em 1937, Behrens começou a estudar música em um conservatório enquanto era estudante de direito.

Ela fez sua estreia profissional em uma ópera em 1971 e se apresentou no Festival de Salzburgo e em casas de óperas ao redor do mundo, incluindo o Metropolitan, em Nova York, e o Covent Garden, em Londres.

Ela recebeu três prêmios Grammy pela melhor gravação de ópera entre 1989 e 1992.

(Reportagem de Yoko Kubota)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.