Soprano alemã Christel Goltz morre aos 96 anos

Viena, 15 nov (EFE).- A soprano alemã Christel Goltz, membro de honra da célebre Ópera de Viena, morreu na noite da última sexta aos 96 anos de idade na cidade austríaca de Baden bei Wien, perto de Viena.

EFE |

Esta informação foi dada hoje pelo Teatro da Ópera de Viena, com o qual a artista alemã manteve um estreito vínculo.

Goltz também foi admirada nos mais excelentes palcos de Nova York, Milão, Londres, Paris, Zurique e Buenos Aires.

A artista, que impressionou o público de Viena com "Salomé", nasceu em 1912 em Dortmund (Alemanha), onde estudou canto e dança.

O maestro Karl Böhm a descobriu e contratou em 1936 para atuar na Ópera de Dresden, antes de levá-la, em 1944, ao palco vienense, onde entre 1950 e 1970 a soprano encarnou 28 personagens.

No comunicado divulgado hoje, o diretor do Teatro da Ópera de Viena, Ioan Holender, chamou Goltz de "a última grande soprano altamente dramática do elenco de fala alemã da Ópera de Viena". EFE wr/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG