Soninha deve apoiar Kassab em troca de projetos

A candidata derrotada à Prefeitura de São Paulo, Soninha Francine (PPS), está às vésperas de anunciar apoio à campanha do candidato à reeleição Gilberto Kassab (DEM) no segundo turno. Hoje, lideranças de seu partido se reuniram com o coordenador do plano de governo de Kassab, Guilherme Afif Domingos, e pediram, em troca do apoio, que projetos de Soninha sejam viabilizados com uma possível vitória do atual prefeito.

Agência Estado |

Ciclofaixas, bicicletários, repovoamento da região central, ampliação da coleta seletiva, entre outras bandeiras de campanha da vereadora agora estão na pauta de Afif, que foi pessoalmente ao diretório do PPS analisar a proposição. Na quinta-feira, o presidente municipal do PPS, Carlos Fernandes, irá reunir membros do partido para anunciar se houve ou não o acerto com o DEM. A princípio, Afif estaria predisposto a aceitar as sugestões de Soninha e deve incluí-las no plano de governo de Kassab.

Segundo a coordenação de campanha da vereadora, o movimento é partidário e não pessoal. Eles afirmaram que Soninha não subirá no palanque ao lado de Kassab, da coligação "São Paulo no Rumo Certo" (DEM-PR-PMDB-PRP-PV-PSC), mas se o partido decidir pelo apoio ao prefeito, ela estará "dentro 100%".

Em 2004, o PPS participou da coligação do então candidato José Serra (PSDB) e Kassab, seu vice. O partido ainda rompeu definitivamente com o PT e trouxe Soninha para seus quadros no ano seguinte, o que minou qualquer chance de apoio a Marta Suplicy, da coligação "Uma Nova Atitude para São Paulo" (PT-PCdoB-PDT-PTN-PRB-PSB), no segundo turno.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG