O soldado do Exército Gelcimar Paiva de Carvalho morreu ontem vítima de disparo de arma de fogo, em circunstâncias que estão sendo apuradas, segundo nota do Comando Militar do Leste (CML) divulgada hoje. O disparo teria sido feito por um outro militar, que se encontrava de serviço, nas instalações da 5º Divisão de Levantamento do Exército, no Rio.

Segundo o CML, o autor do disparo foi preso em flagrante e ficará à disposição da Justiça Militar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.