Quarto a depor na noite de hoje, o soldado Bruno Eduardo de Fátima contradisse o tenente Ghidetti. O oficial contou que teria levado sozinho os jovens até onde estava os traficantes.

Fátima dá outra versão: três soldados teriam acompanhado o tenente.

Já o soldado José Ricardo Rodrigues de Araújo contou que descansava e foi acordado pelo tenente, que perguntava se ele conhecia a região do Morro da Mineira. Diante da confirmação, Rodrigues disse que foi chamado a servir de guia. Ele, no entanto, negou que soubesse que os rapazes seriam entregues a traficantes - tanto que estava sem capacete e sem arma.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.