Sobe para quatro o número de suspeitos mortos em operação do Bope

Subiu para quatro o número de supostos traficantes mortos na operação realizada pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) desde o início da manhã desta terça-feira na Favela Buraco do Boi, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Militar, outros três traficantes foram presos e quatro soldados do 12º BPM (Niterói) ficaram feridos.

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

A ação na Favela Buraco do Boi teve início depois que policiais militares foram à comunidade no início da madrugada checar denúncias de uma suposta invasão de traficantes rivais da Favela da Coreia, localizada em Senador Camará, na zona oeste do Rio. Houve troca de tiros e três PMs ficaram feridos, sendo encaminhados para o Hospital Estadual Azevedo Lima.

AE

Policiais militares realizam buscas na Favela Buraco do Boi, em Niterói

Alexandre Pinto Araújo e Márcio Luiz Vidal foram atendidos e transferidos para o Hospital Central da Polícia Militar. O soldado Fábio Cunha Azevedo foi baleado no rosto e passou por uma cirurgia. De acordo com os médicos, ele não corre risco de morte.

No início da manhã, por volta das 6h, cerca de 30 soldados do Bope iniciaram uma nova incursão na favela. Houve troca de tiros e mais um policial, identificado apenas como Maxwel, foi baleado no punho. Ele foi levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima e seu quadro é considerado estável.

Na operação, os agentes apreenderam quatro armas e dez carregadores de fuzis. Três suspeitos foram presos. Já entre as vítimas fatais, duas morreram em um confronto pela manhã e, outras duas, à tarde.

AE
Ponte Rio-Niterói parcialmente interditada

Trânsito ficou lento na Avenida do Contorno por causa da operação policial

Devido à incursão, o acesso da Ponte Rio-Niterói à Avenida do Contorno, no sentido Manilha, chegou a ser fechado duas vezes por medida de segurança, causando um longo congestionamento no local. Às 8h50, o tráfego ficou em meia pista e, por volta das 11h30, o fluxo foi totalmente liberado.

Leia também:

Leia mais sobre: Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: bopeponte rio-niterói

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG