Sobe para 54 o número de mortes por dengue no município do Rio

RIO DE JANEIRO - A Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta quinta-feira mais duas mortes causadas por dengue, de uma menina de 6 anos e de uma mulher 40, ambas na zona norte da cidade.

Redação com agências |



O município é o que mais registrou casos da doença no estado desde o início do ano, com mais de 55,4 mil pessoas infectadas e 54 mortes confirmadas. No estado, que registrou cerca de 93,5 mil casos em 2008, já são 89 as mortes por dengue, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

Apesar de a zona oeste ser a região com os maiores índices da doença na cidade ¿ mais de 14,3 mil casos ¿, a Aeronáutica informou que a partir de segunda-feira o posto de triagem do Hospital de Campanha na Barra da Tijuca passará a funcionar apenas durante o dia, das 8h às 17h, devido à baixa procura durante o período noturno.

Nesta quinta-feira, o hospital informou ter atendido 301 pacientes com suspeita de dengue, 38% deles apresentando sinais clínicos da doença.

Tiroteio volta a assustar pacientes

Pacientes da tenda de hidratação montada pelo governo estadual no Parque Ary Barroso para tratar vítimas da dengue levaram novo susto nesta quinta durante novo tiroteio entre policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e traficantes na vila Cruzeiro.

Assustados com os tiros, os pacientes abandonaram a tenda às pressas e se refugiaram no Hospital Getúlio Vargas (HGV). Ninguém ficou ferido.

O governo estadual voltou a afirmar que não mudará a unidade de lugar e o comandante do Bope, Alberto Pinheiro Neto, afirmou que o tiroteio aconteceu na Vila Cruzeiro e que a tenda estava fora da linha de tiro.

(Com informações das agências Brasil e Estado)

Leia também:

Leia mais sobre: dengue

    Leia tudo sobre: dengue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG