BRASÍLIA (Reuters) - Subiu para 43 o número de corpos encontrados até a tarde deste domingo por conta dos deslizamentos de terras causados pelas chuvas em Angra dos Reis, litoral sul do Rio de Janeiro. A informação é do Departamento Geral de Defesa Civil do Estado. Equipes de busca encontraram novos corpos em Ilha Grande, perfazendo 29 mortes no local após o desabamento de casas e de parte de uma pousada situadas na Praia do Bananal. No Morro da Carioca, centro de Angra, foram 14 corpos encontrados.

A tragédia reforçou alertas de especialistas sobre os riscos de deslizamentos nas áreas de serra do mar, sobretudo nas encostas, região de terreno instável. A Prefeitura de Angra dos Reis decretou estado de calamidade pública.

Já são 65 pessoas mortas em todo o Estado desde quarta-feira devido às chuvas.

O governo do Rio estima que aproximadamente três mil casas estejam em área de risco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.