Subiu para 4 o total de mortes provocadas pelas fortes chuvas que atingem o Maranhão nas últimas semanas. Segundo a Defesa Civil do Estado, um morador ainda continua desaparecido.

Um corpo ainda não identificado foi encontrado ontem no município de Codó. Buscas são feitas para encontrar um desaparecido em Pindaré Mirim, segundo a Defesa Civil. Outros três corpos já haviam sido localizados, dois em São Luís e um em Coroatá.

Balanço da Defesa Civil informa que 16.960 pessoas continuam desalojadas - podem contar com abrigo na casa de parentes e conhecidos - e outras 11.918 estão desabrigadas - perderam tudo e estão em abrigos públicos - em todo o Maranhão. Foram afetados 82.053 moradores. Ao todo, 27 cidades já solicitaram a decretação de situação de emergência ou seus pedidos de decretação de emergência estão em análise, de acordo com a Defesa Civil. Há previsão de chuva forte para hoje no Estado, segundo a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do governo federal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.