BELO HORIZONTE - Mais uma morte em decorrência das chuvas que atingem Minas Gerais foi confirmada nesta sexta-feira pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec). O aposentado Mateus José Martins, de 79 anos, morreu soterrado dentro de sua casa, no município de Espera Feliz, na Zona da Mata mineira, elevando para 25 o número de vítimas fatais desde o início do período chuvoso, em setembro de 2008.


Conforme a Defesa Civil municipal de Espera Feliz, a casa do aposentado, no bairro Centro, foi atingida no início da noite de quarta-feira por um deslizamento de terra. Policiais militares e funcionários da Secretaria de Obras do município trabalharam na retirada dos escombros e remoção do corpo da vítima. O óbito só foi comunicado à Cedec nesta manhã.

Mesmo com a estiagem nos últimos dois dias, a Zona da Mata continua sendo a região mineira mais castigada pelas chuvas. As últimas ocorrências mais graves foram registradas nas cidades de Carangola e Manhuaçu.

Na quinta-feira, em visita a Manhuaçu, o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), disse que determinou à Secretaria estadual de Obras que reserve recursos da ordem de R$ 30 milhões para um primeiro socorro aos municípios mais atingidos.

Emergência

Pelo último balanço da Cedec, 69 prefeituras mineiras já decretaram situação de emergência e 104 municípios do Estado foram afetados desde o início do período chuvoso. Pouco mais de oito mil pessoas ficaram desabrigadas e 66.107 desalojadas.

De acordo com o instituto MG Tempo, a frente fria que atuava sobre Minas está se dissipando e a previsão para este fim de semana é de tempo estável em todo o Estado, com ocorrência de pancadas de chuvas típicas de verão.

Veja também:

Leia mais sobre: chuvas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.