Sobe para 200 as famílias atingidas no Amazonas

Governo anuncia envio de alimentos e técnicos para São Paulo de Olivença, para evitar novos deslizamentos

Eduardo Asfora, iG Amazonas |

Subiu para 200 o número oficial de famílias atingidas pelo deslizamento de terras no município de São Paulo de Olivença, no Alto Solimões (a 988 quilômetros de Manaus), de acordo com cadastro da Prefeitura. Hoje, o Governo do Amazonas divulgou o plano de trabalho para minimizar o problema social da comunidade.O Governo vai atuar em duas frentes.

A primeira é uma obra de contenção da orla em uma área frontal da cidade, que também pode sofrer novos deslizamentos. São Paulo de Olivença está em situação de calamidade pública, de acordo com a Defesa Civil do Estado, que deve enviar ajuda aos desabrigados nas próximas horas.De acordo com informação oficial, a cidade enfrenta dois problemas.

O primeiro foi provocado pela estiagem e o segundo, o mais recente, pelos deslizamentos de terra. De 33, pulou para 200 o número de famílias atingidas pela tragédia, conforme cadastro da Prefeitura. A Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) informou que vai substituir o solo e inserir uma talude para evitar futuros desabamentos.

A segunda iniciativa é o envio de três equipes da Defesa Civil do Estado a São Paulo de Olivença para verificar a questão da estiagem e as necessidades da cidade. Os técnicos também estão escolhendo um local para alojar tas famílias desabrigadas.

“Tudo leva a crer que será em uma área próxima do aeroporto, por ser uma área menos acidentada,” afirmou o secretário executivo da Defesa Civil, coronel Roberto Rocha. O município vai receber ainda nos próximos dias 24 toneladas de água e 111 barracas, para abrigar provisoriamente as famílias que moravam na área do deslizamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG