Sobe para 18 total de feridos em temporais no Paraná

Pelo menos 18 pessoas ficaram feridas neste fim de semana em decorrência de chuvas e ventos fortes que atingiram várias regiões do Paraná. De acordo com levantamento da Defesa Civil, os maiores problemas foram observados em Campo Mourão e Maringá.

Agência Estado |

Apesar de cerca de 150 casas terem sido destelhadas ou afetadas por alagamentos em vários outros municípios, nenhuma família precisou ser acolhida em abrigos públicos.

Em Campo Mourão, no centro-oeste do Estado, 11 pessoas ficaram levemente feridas no terceiro vendaval registrado em menos de um mês. Hoje, foi dia de reconstruir os telhados, alguns deles novos, pois já tinham sido destruídos no temporal anterior.

Várias árvores tombaram nas ruas da cidade, derrubando muros. O vento chegou a arrancar a cobertura de um posto de combustível. Em Ponta Grossa e Castro, ambos na região dos Campos Gerais, pelo menos 90 casas foram afetadas por alagamento.

Em Maringá, no noroeste do Estado, os ventos de mais de 60 quilômetros por hora chegaram a derrubar um palco e barracas em uma chácara onde se realizava um show de rock, durante a madrugada de domingo. Pelo menos sete pessoas precisaram de atendimento médico em função de ferimentos leves. A prefeitura contabilizou 34 árvores derrubadas, das quais nove atingiram imóveis.

Em Curitiba, as chuvas fortes e os raios provocaram o corte de energia para cerca de 24 mil domicílios. Por volta de 23h30 ontem, técnicos da Companhia Paranaense de Energia (Copel) já tinham restabelecido a energia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG