Manaus - O Corpo de Bombeiros Militar do Pará localizou nesta quinta-feira mais dois corpos de pessoas que estavam desaparecidas após o acidente com o barco Almirante Barroso, ocorrido na última segunda-feira, no Rio Amazonas, próximo ao município de Monte Alegre, no oeste do Pará. Com isso, já chega a 13 o número de mortos.

Os corpos ainda não foram identificados, sabe-se apenas que são de duas mulheres.

AE

Bombeiros buscas os últimos desaparecidos após acidente

Segundo o Corpo de Bombeiros, 13 mergulhadores continuam no local do acidente para vasculhar o barco, que encontra-se parcialmente submerso, e tentar localizar mais outras quatro pessoas que ainda estão desaparecidas. Outras 96 pessoas foram resgatadas com vida.

O naufrágio

O acidente ocorreu por volta das 22h de segunda-feira, mas somente por volta das 2h30 da madrugada de terça os bombeiros foram informados do ocorrido.

A embarcação partiu de Monte Dourado, já havia passado pelos municípios de Almerim, Prainha e estava a cerca de duas horas de Monte Alegre quando submergiu.

Alguns sobreviventes contaram que no barco, com capacidade para 100 passageiros, viajavam cerca de 150.

A Capitania dos Portos do Pará abriu uma investigação para estabelecer as causas do acidente e verificar se a embarcação realmente viajava com um número de passageiros superior a sua capacidade.

A Polícia deteve o capitão da embarcação, que deve ser indiciado por homicídio culposo.

*Com informações da Agência Brasil

Leia mais sobre naufrágio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.