Situação da gripe suína está sob controle, afirma Serra

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), admitiu hoje a possibilidade da entrada da gripe suína no Brasil, por meio da chegada ao País de pessoas contaminadas, mas ressaltou que a situação está sob controle, sem casos da doença.

Agência Estado |

"Tudo pode acontecer, até agora a situação está sob controle, mas não é impossível alguém entrar (no País) com gripe suína", afirmou.

"O importante é descobrir logo porque a maneira de parar a transmissão é isolar o paciente", disse o governador, que participou hoje da abertura da Agrishow 2009, em Ribeirão Preto (SP).

Serra lembrou que a montagem de barreiras em aeroportos e portos para evitar a entrada de casos suspeitos da doença cabe à Vigilância Sanitária federal, mas que o governo paulista colabora na ação de combate. "O Ministério da Saúde tem de cuidar de quem entra do exterior e a autoridade que fica no aeroporto e nos portos é a Vigilância Sanitária federal, mas a estadual está colaborando", disse. "Estamos disponíveis para tudo que for necessário, pois a ação principal neste momento é a vigilância com o isolamento de possíveis casos."

O governador sugeriu que, mesmo sem casos de gripe suína no Brasil, "a providência elementar é não ficar perto do nariz do porco", numa referência a uma das formas de contaminação, por meio das vias aéreas. Serra lembrou ainda que a carne de porco não transmite a doença e não se deve evitar o consumo. "É importante que não se gere uma paranoia com relação aos porquinhos brasileiros", afirmou.

Por fim, Serra descartou os dois casos suspeitos de gripe suína de pacientes que visitaram o México, tiveram sintomas semelhantes aos da doença e foram examinados no Hospital Emílio Ribas. "O sintoma da gripe suína, entre outros, é febre (alta), o que não ocorreu nesses casos. Suspeita-se que um deles tinha dengue e o outro, sinusite", afirmou.

    Leia tudo sobre: serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG