Site vende fotos de índios brasileiros sem autorização

O site www.amazon-indians.org alega vender fotos e vídeos com imagens de indígenas do Vale do Javari, no extremo norte do Amazonas, para ajudar os nativos. A organização União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja) nega receber essa doação e entrou com representação no Ministério Público Federal para proibir a comercialização das imagens.

Agência Estado |

No site, há imagens de rituais dos povos matis, marubo e mayuruna. "Há várias pessoas que vão até a aldeia e tiram fotos, mas não autorizamos publicações em sites, revistas, jornais ou muito menos a comercialização", afirmou o diretor da Univaja, Eliésio Vargas, da etnia marubo.

Vargas disse que soube do site há duas semanas, quando recebeu um alerta na internet com o nome dos povos indígenas sendo usado na rede. "Não sabemos desde quando o site está no ar", disse. Segundo ele, que conhece todos os indígenas das fotos, alguns se lembram de terem sido fotografados entre 2006 e 2007 por um estrangeiro que esteve nas aldeias.

Para Vargas, esse tipo de exploração é fácil, já que o acesso é livre às aldeias e não há fiscalização da Fundação Nacional do Índio (Funai). A reportagem entrou em contato com a Funai, mas não obteve resposta. No site, o responsável pela comercialização das imagens é Dan James Pantone. A reportagem enviou um e-mail para Pantone há dois dias, mas não obteve resposta.

Ainda no site, o texto informa que já foram arrecadados U$ 300 mil para implantar projetos nas aldeias dos povos indígenas do Vale do Javari. Em uma das páginas, imagens de um ritual matis são oferecidas por U$ 19 mais o envio. Há ainda uma "oferta especial para fevereiro de 2010", que oferece cinco vídeos por U$ 80.

    Leia tudo sobre: índios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG