Site cria animações para incentivar jovens à leitura

Monteiro Lobato com Cansei de Ser Sexy, Álvares de Azevedo com Pitty, Hilda Hilst com Mallu Magalhães, Raduan Nassar com Teatro Mágico. Essas são algumas das curiosas combinações propostas pelo site LivroClip (www.

Agência Estado |

livroclip.com.br) em uma série de curtas animados - com duração de cinco minutos cada - que visa atrair jovens para a leitura de clássicos.

Os filminhos, produzidos em animação, são simples, mas bem feitos, e contam um pouco da vida e da obra do autor retratado, destacando aspectos próximos do dia-a-dia dos jovens. Para aumentar o apelo junto ao público alvo, os desenhos ganham a trilha sonora de cantores e bandas populares. "Queremos que através dessa iniciativa os jovens percebam que os assuntos retratados por esses autores são muito atuais e os dilemas vividos por alguns, como Álvares de Azevedo, no século 19, não são tão distantes dos que os jovens vivem hoje", explica Luiz Chinan, diretor do LivroClip.

A partir de tinyurl.com/69ywc3, é possível assistir e baixar todos os oito curtas animados do projeto Animadas Letras Paulistas, que mistura ainda Oswald de Andrade e Nação Zumbi, Mário de Andrade e Cachorro Grande, Haroldo de Campos e Funk Como Le Gusta, Menotti Del Pichia e Forgotten Boys. "Tínhamos muito medo de que essas adaptações desvirtuassem a obra desses autores. Mas, por outro lado, não queríamos fazer algo muito acadêmico", conta Chinan.

O site oferece outras iniciativas multimídia, além de links para baixar livros disponíveis em Domínio Público e sugestões de obras para os professores utilizarem em sala de aula. É a literatura se apoderando da internet para seduzir novos leitores. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG