Sinopse de imprensa: Zoghbi fraudou sistema de crédito no Senado, diz relatório

SÃO PAULO ¿ O ex-diretor de Recursos Humanos do Senado João Carlos Zoghbi fraudou a folha de pagamento para aumentar o valor do crédito consignado, de acordo com investigação do Senado mantida sob sigilo. As informações são do jornal ¿O Estado de S. Paulo¿.

Redação |


Segundo a reportagem, a investigação apontou que a empresa Contact Assessoria de Crédito, que tem uma ex-babá de Zoghbi como sócia, foi a que mais faturou com esses empréstimos.

De acordo com a sindicância, Zoghbi entrava no sistema e aumentava o limite de crédito a que o funcionário teria direito, gerando uma margem adicional de renda para o empréstimo.

Em depoimento à comissão de sindicância, Zoghbi disse ter fraudado cerca de 10% dos pedidos de crédito, alegando ter atendido a apelo de funcionários com graves problemas financeiros. Ele também barrava as auditoria dos sistema informatizado da folha de pagamento, o Ergon.

O Estadão afirma que o relatório foi entregue no dia 15 de junho à primeira-secretaria, mas ficou sob sigilo devido à crise no Senado. O material, ao qual o jornal teve acesso, também foi enviado à Polícia Federal.

Leia também


Leia mais sobre crise no Senado

    Leia tudo sobre: crisesenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG