Sinopse de imprensa - Um caminhão é multado a cada 45 segundos em São Paulo

Nas primeiras 28 horas de fiscalização nos 100 km² da zona paulistana de restrição de caminhões, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou 2.237 autuações, considerando o balanço divulgado até as 17 horas desta terça-feira. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

Redação |

    Os condutores de veículos de grande porte podem ser punidos por trafegar em local e horário proibidos com multa de R$ 85,13 - e levam 4 pontos na carteira.

    A penalidade pode ser aplicada a cada duas horas, se o motorista insistir em circular pela área restrita.

    A CET informou que, em seu primeiro dia, a restrição imposta aos caminhões reduziu em 44,2%, em média, os picos de lentidão registrados entre 7h30 e 10h, nos 835 km monitorados pela companhia na capital. O maior índice, de 53 km, foi verificado às 9h30, quase 30% abaixo da média de 76 km das segundas-feiras de julho do ano passado.

    À tarde, o protesto de cerca de 200 caminhoneiros nas Marginais do Pinheiros e do Tietê prejudicou o fluxo nas vias paulistanas, mas os índices de congestionamento ainda ficaram 23% abaixo da média. Às 19h, a capital teve o pior índice de lentidão do dia, que chegou a 110 km - 14,3% menor em relação aos 128 km da média registrada em 2007.

    Nesta terça-feira, porém, a CET registrou às 15 horas 69 quilômetros de congestionamento, ante os 31 quilômetros de segunda-feira, no mesmo horário.

      Leia tudo sobre: transito

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG