Sinopse de imprensa - Selo em cadeirinha só será exigido em 2009

O Inmetro cedeu ao lobby do comércio e da indústria e decidiu liberar a venda de cadeirinhas automotivas infantis sem selo de certificação -ou seja, que não passaram por testes de segurança do instituto- até 31 de março do ano que vem. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Redação |

    Segundo a publicação, a exigência de só vender ao consumidor os assentos para transportar crianças com selo do Inmetro estava em vigor desde 1º de outubro, mas foi adiada por uma portaria expedida pelo órgão há uma semana. A justificativa oficial foi que as lojas precisam desovar os produtos antigos que estão em estoque -mesmo que eles não tenham a comprovação de qualidade.

    Ainda de acordo com o jornal, um estudo americano apontou que a utilização adequada das cadeirinhas infantis nos veículos reduz os riscos de morte em 71% e a necessidade de hospitalização em 69%.

    Leia mais sobre: acidentes

      Leia tudo sobre: acidentecarrocriança

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG