Boto quem eu quiser no Senado, diz filho de Sarney - Brasil - iG" /

Sinopse de imprensa: Boto quem eu quiser no Senado, diz filho de Sarney

BRASÍLIA - Filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o empresário Fernando Sarney diz em conversa interceptada pela Polícia Federal que é o dono de uma vaga no gabinete do senador Epitácio Cafeteira (PTB-MA). Boto quem eu quiser, afirmou ao filho João Fernando em 27 de agosto de 2008. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Redação |

AE
Fernando Sarney (no centro)
De acordo com a publicação, na época, o cargo era ocupado por João Fernando. Devido ao cerco ao nepotismo no Congresso, ele foi demitido sigilosamente em 2 de outubro.

A dispensa só foi publicada em abril deste ano em boletim no Senado, no episódio que deflagrou o escândalo dos atos secretos e levou José Sarney ao Conselho de Ética do Senado.

Na época, ao ser questionado sobre a nomeação do neto, Sarney negou interferência nas contratações. "Aqui no Senado, todos sabemos, não se nomeia para o gabinete quem não for requisitado pelo senador."

Ainda segundo a "Folha", na conversa, gravada pela polícia com autorização da Justiça, Fernando falava com o filho sobre a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de proibir a contratação de parentes nos três Poderes.

Leia mais sobre: Sarney 

    Leia tudo sobre: crise no senadofernando sarneysarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG