Sinopse de imprensa: Protógenes viaja com cota do PSOL

O delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz, ex-chefe da Operação Satiagraha, usou passagens da quota de pelo menos um deputado do PSOL para viajar e participar de eventos coordenados pela legenda. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

Redação |

A prática, segundo a reportagem, configura envolvimento em "atividade político-partidária". O artigo 43, inciso 12, da Lei 4.878/65, que estabelece o regime jurídico da PF, proíbe que delegados se envolvam com partidos políticos.

O levantamento completo das passagens ainda não foi completado pelo partido, mas a deputada Luciana Genro (RS) disse ao jornal no último sábado que seu gabinete emitiu pelo menos dois bilhetes para viagens de Protógenes a Porto Alegre. O Congresso não a proíbe de emitir essas passagens.

Protógenes responde a processo disciplinar e inquérito da Corregedoria da PF por suspeita de quebra de sigilo funcional e violação da Lei de Interceptações Telefônicas - crime que teria cometido, e pelo qual foi indiciado, quando chefiava a Satiagraha.

Leia mais sobre o caso das passagens aéreas

    Leia tudo sobre: câmarapassagens aéreaspsol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG