Sinopse de imprensa - Planalto faz Petrobras cancelar negócio

Por pressão do Planalto, a Petrobras voltou atrás num negócio estimado em US$ 150 milhões: a venda de parte de uma mina de silvinita, da qual se extrai o potássio, para a empresa canadense Falcon. A jazida se localiza no município de Nova Olinda do Norte, no Amazonas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo desta sexta-feira.

Redação |

Segundo a publicação, a venda da mina irritou a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pois o potássio é matéria-prima para fabricar fertilizantes - insumo considerado estratégico para o País manter sua posição de líder na produção agrícola mundial.

Ainda de acordo com o Estado, o caso vem sendo apontado, nos bastidores do governo, como exemplo de como os interesses da Petrobras nem sempre coincidem com os do Estado brasileiro.

Leia mais sobre: Petrobras

    Leia tudo sobre: petrobras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG