Sinopse de imprensa - Mapa do crime revela as áreas perigosas de SP

Dados inéditos do setor de inteligência da polícia de São Paulo, revelam como se distribui, distrito a distrito, a criminalidade pela cidade de São Paulo. As informações são do jornal Folha de S. Paulo desta quarta-feira.

Redação |

Os números do Mapa da Violência fazem parte da base de dados da CAP (Coordenadoria de Análise e Planejamento), órgão da Secretaria da Segurança Pública que estuda a criminalidade a fim de adequar a utilização das forças de segurança no policiamento da cidade.

Segundo a publicação, os crimes contra vida (homicídios e estupro) atingem, principalmente, as regiões mais pobres. Os crimes contra o patrimônio (roubos, furtos e latrocínio) se concentram na região central e em bairros mais ricos.

Ainda de acordo com a "Folha", no primeiro caso destaca-se o chamado "triângulo da morte", formado pelas regiões dos distritos policiais de Jardim Herculano, Capão Redondo e Parque Santo Antônio, onde 31,5% dos domicílios têm renda de até três salários mínimos.

Já crimes contra o patrimônio acontecem mais freqüentemente na área formada por bairros como Perdizes, Lapa e Pinheiros, todos na zona oeste, onde 52,3% das residências têm renda superior a 20 salários mínimos.

Leia mais sobre: Crimes



    Leia tudo sobre: crimesão pauloviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG