Sinopse de imprensa - Lula reajusta Bolsa Família antes da eleição

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu conceder um reajuste de 10% aos benefícios do programa Bolsa Família devido à alta da inflação em 2008. O aumento deverá valer a partir de julho, antes da eleição. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Redação |

De acordo com a publicação, o advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, deu parecer júridico de que não há impedimento legal da medida.

Em 2007, houve, segundo a "Folha", o únido reajuste do Bolsa Família: de 18,5%, a partir de agosto. Desde então, o IPCA, que mede a inflação oficial, subiu 4,2% até abril. Mas o IPCA da cesta de alimentação acelerou, entre abril de 2007 e abril de 2008 de 4,6% para 12,6%, no acumulado dos 12 meses.

Hoje o mínimo que uma família recebe do programa é R$ 18 -equivalente a um filho. No entanto, se essa família é considerada miserável, recebe um piso de R$ 58. Uma família é considerada miserável se tem renda per capita mensal de até R$ 50.

Segundo o jornal, a correção de 10% teria um impacto de R$ 1,80 no menor benefício e de R$ 17,20 no maior. Para arredondar, Lula daria um índice de correção para adicionar R$ 2 ao menor benefício e R$ 17 ou R$ 18 ao maior benefício.

O programa atende a cerca de 11 milhões de famílias. A correção de 10% significaria acréscimo de cerca de R$ 1 bilhão anual.

Leia mais sobre: Bolsa Família


    Leia tudo sobre: bolsa família

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG